O fluxo para realizar transações na Stone é composto pelos processos de Ativação, que tem o objetivo de habilitar sua aplicação para transacionar; e Transação, que pode ser divido nas etapas de Autorização e Captura.

Ativação

Para transacionar pela Stone nós precisamos, antes de tudo, reconhecer a aplicação que vai se conectar conosco. Esse processo de reconhecimento é feito através da Ativação da aplicação. Esse é um processo obrigatório e sem ele você não conseguirá enviar requisições de autorização e captura.

Na SDK iOS o processo de ativação é realizado apenas com o StoneCode do cliente.

Autorização

A Autorização é o primeiro passo para realizar uma transação. O valor da transação sensibiliza o limite do cartão do portador, porém não gera cobrança enquanto não houver a confirmação (captura).

❗️

Prazo de Captura

Caso a autorização não seja capturada no prazo máximo de 7 dias, ela é automaticamente cancelada pela Stone.

Captura

Ao realizar uma autorização, é necessária a confirmação desta transação, ou seja, a Captura. É nesse momento que o limite do cartão sensibilizado na autorização é, de fato, cobrado. O valor capturado pode ser o total sensibilizado ou um valor inferior (captura parcial).

🚧

Captura Automática ou Posterior

As transações são divididas de forma com que você possa optar em realizar a captura de forma automática ou posterior .

Na autorização com captura automática, o valor da transação é confirmado de maneira instantânea no momento da requisição de autorização, sem a necessidade de enviar a requisição de captura. Essa é a modalidade mais utilizada.

Já na autorização com captura posterior, a transação é autorizada junto ao emissor do cartão (neste momento o valor ainda não é cobrado na fatura do portador) e posteriormente é necessário realizar a captura total ou parcial desta transação.